Eu fiquei um bom tempo pensando se deveria ou não comprar o curso de Product Management da PM3 mas em janeiro desse ano (2020), depois de uma mudança profissional, resolvi que havia chegado a hora de investir porque fazia sentido no que eu estava pensando pra minha carreira e futuro.

TL;DR: Se você não tem interesse em todo o contexto da minha opinião final você pode ir direto para o fim clicando aqui. Mas recomendo ler tudo.

Um pouco de história.

Desde que entrei nesse mundo de Tecnologia e Startups eu trabalhei próximo a times de Produto e Tecnologia.

Na minha primeira experiência em uma startup chamada Route, no início, era a única pessoa não-técnica no time. Então eu era o responsável pelo Marketing e ao longo do tempo comecei a assumir outros papéis como Vendas, Suporte, Customer Success e Product Management.

Tive muitas situações onde precisava fazer Discovery para guiar o que iríamos fazer dentro das oportunidades que surgiam, ajudar na priorização do que seria feito e também trazer algo como um Product Requirement Document pro time de desenvolvimento.

O que é normal, quando se trabalha num time pequeno muitas vezes assumimos muitas responsabilidades. Nessa época, lá em 2014, comecei a me interessar cada vez mais por Gestão de Produtos. Comecei a ler artigos, livros, buscar referências e iniciar meus estudos na área.

No RD Summit de 2015, minha segunda participação no evento, eu priorizei as palestras de Gestão de Produtos e não as de Marketing e Vendas.

Bom, dado esse contexto, pulamos para 2020.

Em 2020 eu já tinha muito mais experiência como profissional, já estudava, já havia lido muitos livros e tinha alguma experiência com situações que um Product Manager enfrentaria mas não era da área especificamente.

Estava trabalhando, e continuo atuando, com Marketing de Produto.

Hoje sou Product Marketing Manager.

Como eu já tinha algum conhecimento e uma certa experiência ficava preocupado em investir num curso e no fim achasse que não iria acrescentar tanto assim.

Eu já havia feito alguns cursos gratuitos ou muito baratos (estava sempre de olho em promoções da Udemy), então não estava acostumado a investir algum valor relevante em cursos online.

Tinha muito essa preocupação.

Mas no início de 2020 percebi que era a hora de investir no curso da PM3 pela certificação e pela comunidade. Estava em uma mudança profissional grande e vi que era o momento de me aproximar cada vez mais do universo da Gestão de Produtos.

Esses fatores foram os mais importantes, muito mais do que os conteúdos em si.

Eu esperava que algumas aulas do curso não trariam muitas novidades pra mim, mas confesso que me surpreendi positivamente com as aulas as quais me acrescentaram novos conhecimentos.

Eu gosto muito de aprender por livros, mas faz diferença quando alguma pessoa explica os conceitos e consegue passar uma mensagem que faz que a gente entenda cada vez mais de coisas que até já sabe.

Junto com o curso da PM3 eu me matriculei também em um curso técnico da UNIP na área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Estava bem disposto a me aprofundar cada vez mais na área de Produto e Tecnologia.

Com toda essa introdução vou falar um pouco sobre o curso.

O que se aprende no Curso da PM3?

O Curso da PM3 de Gestão de Produtos tem 6 módulos:

  1. Fundamentos de Product Management
  2. Encontrando e Validando o Product-Market Fit
  3. Estratégia de Produto
  4. Processos de Discovery e Design
  5. Execução do Dia a Dia
  6. Cultura de Produto

Módulo 1: Fundamentos de Product Management

Esse módulo tem como objetivo dar uma base da atividade. As aulas estão divididas em:

  • Introdução e Fundamentos de Product Management (Joaquim Torres)
  • Habilidades Esperadas de um Product Manager (Joaquim Torres)
  • Estrutura de Times de Produto (Dan Printes)
  • Papel de um Head ou VP de Produto (Joaquim Torres)

Em geral o conteúdo do Módulo 1 não teve nada muito novo pra mim. Acredito que quem já teve experiência trabalhando próximo a times de produto vai sentir o mesmo.

Mas o modelo de um canvas para organizar o time e o exemplo no Grupo ZAP foi algo novo que apareceu na aula sobre estrutura de times.

No Módulo 2 em diante começam os temas mais práticos da atividade de um Product Manager.

Módulo 2: Encontrando e Validando o Product-Market Fit

Aqui começam conceitos mais do dia-a-dia e de negócios os quais um Gerente de Produto deve saber e estar atento.

  • O Conceito de Valioso, Factível, Viável e Usável (André Nery)
  • Modelos de Negócio e Proposta de Valor (Loren Monteiro)
  • Market Fit & Unit Economics (Loren Monteiro)
  • Descobrindo Necessidades dos Usuários (Demian Borba)

Como eu já estava no mercado de empresas de tecnologia desde 2014, e venho de um background de negócios por ser formado em Administração, pra mim não teve muita novidade nesse tópico.

Então passar pelo Business Model Canvas, falar sobre SaaS Metrics, Unit Economics e os aspectos de risco de um produto (risco de valor, risco de usabilidade, risco da viabilidade e risco de negócio) não foi novidade.

Nessa parte dos riscos especificamente eu já havia lido o Inspired e acompanhava o Marty Cagan.

Mesmo já tendo um conhecimento maior dos assuntos desse módulo, aprendi algo novo: Lean Canvas Model.

Eu já conhecia de nome porque o autor e criador desse canvas, Ash Maurya, é uma pessoa que eu acompanhava. Também tenho seu livro Running Lean, apesar de não ter lido ainda.

Voltando ao assunto, eu conhecia o conceito e o autor mas nunca tinha visto essa alteração do Business Model Canvas que ele proprôs.

Lembro que um ex-colega de trabalho falava bastante, mas nunca tinha parado para entender de fato.

Mas não só isso, a aula sobre descobertas das necessidades dos usuários também foi bem interessante pra mim para organizar de uma forma bem interessante uma abordagem completa de como poderia ser feito esse trabalho de entendimento das pessoas que interagem, usam e compram um produto.

Módulo 3: Estratégia de Produto

Esse foi um módulo bem denso, com muitas aulas e conteúdos. Nele são abordados diferentes aspectos e etapas do que consiste a estratégia de produto.

  • Criar Estratégia e Visão de Produto (Arthur Debert)
  • Criar o Roadmap de Produto (Marcell Almeida)
  • Técnicas de Priorização (Marcell Almeida)
  • Release Planning (Raphael Farinazzo)
  • Métricas do Negócio que Impactam o Produto (André Silveira)
  • Métricas do Produto. Escolher a Métrica Correta (André Silveira)
  • Usando Growth Hacking para Atingir Metas (Bruno Coutinho)
  • Cases de Growth para Mobile (Arthur Castro)

Aqui foi a primeira vez que uma boa parte das aulas tiveram coisas que realmente eu tinha menos experiência. Faz sentido esse sentimento porque era muita coisa do dia a dia de uma pessoa que já assumiu oficialmente um papel de Product Manager ou Product Owner, algo que não tive.

Como falei antes, já fiz coisas que um PM teria feito, mas como nunca foi algo estruturado dentro de um cargo, muitas das aulas foram mais a fundo em temas que eu tinha vivido algo muito superficial.

Com certeza as aulas de Técnicas de Priorização e Release Planning foram as que eu mais aprendi algo novo.

Olhando os temas, as aulas que abordavam coisas mais gerais de negócios eu tinha mais experiência enquanto as aulas que envolviam técnicas e processos muito importantes na Gestão de Produtos eu tinha menos.

A aula de Growth para Mobile também vi coisas novas porque nunca tive experiência em produtos que fossem focados em Apps.

Ao finalizar o módulo 3 estava na metade do curso.

Módulo 4: Processos de Discovery e Design

Como comentei acima, o módulo 3 começou a trazer bastante coisa que eu sabia de maneira superficial antes de fazer o Curso da PM3. No módulo 4 isso se manteve.

As aulas foram:

  • Fundamentos da Experiência do Usuário (Natalia Arsand)
  • Como um PM e UX trabalham Juntos (Maria Luísa Cantadori)
  • Explorar Problemas e Descobrir Oportunidades (Natalia Arsand)
  • Ideação & Definição de Solução (Natalia Arsand)
  • Validação, Iteração e Dicas Finais (Natalia Arsand)
  • Customer Journey (Raphael Farinazzo)

Como podemos ver as aulas tem um viés bem forte de Design, falando em experiência e jornada do usuário.

Alguns conceitos apresentados eu já conhecia (Design Thinking, Design Sprint, Double Diamond, Product Discovery, mas ver as explicações de pessoas com experiência na aplicação desses conceitos fez toda a diferença.

É aquele momento que o conhecimento adquirido por estudos e leituras começa a fazer sentido quando alguém explica como utilizou e dando dicas de como essas coisas funcionam na prática.

As aulas sobre explorar problemas, ideação e validação são basicamente sobre um tema só mostrando diferentes etapas do processo. Uma é o complemento da outra.

Como eu nunca tive tido oportunidade de trabalhar tão próximo de UX até aquele momento foi bem interessante ver o papel do Product Manager nesse contexto.

Módulo 5: Execução do Dia a Dia

Assim como o módulo 3, esse módulo 5 é bem denso sobre os temas.

São aulas que abordam temas bem diferentes uma das outras e por isso faz esse módulo ser bem diverso.

  • Especificações de Requerimentos e Rollout (Raphael Farinazzo)
  • Metodologias Ágeis (Fábio Aguiar)
  • Como Usar Dados para Tomar Decisões (Bernardo Srulzon)
  • SQL para Análise de Dados (Bernardo Srulzon)
  • Testes A/B (Thiago Belluf Inoue)
  • Como Gerenciar Stakeholders (Raphael Farinazzo)
  • Ferramentas do Dia a Dia (Thiago Belluf Inoue)

Tiveram 3 aulas que aprendi muita coisa nova, mas por razões diferentes.

As aulas sobre Especificações de Requerimentos e Rollout e a de Como Gerenciar Stakeholders foram bem importantes para aprender sobre como o profissional de Produto precisa atuar.

Aqui destaco de novo que por nunca ter vestido oficialmente a camisa de PM, ouvir falar desses assuntos através de um profissional da área ajudou bastante a conectar as ideias na cabeça.

A outra aula que quero destacar foi a de SQL.

Aprender SQL é algo que eu já me interesso faz um tempo, lembro que quando o termo Growth Hacker começou a ter relevância começou uma corrida para que profissionais de Marketing se tornassem mais técnicos.

Saber SQL ajudaria a buscar informações nos dados.

Eu já tinha feito algumas aulas online, entendia um pouco do que estava sendo feito, mas uma aula contando a história do profissional na empresa que ele trabalhava e os exercícios propostos ajudaram a entender mais ainda sobre esse assunto.

Apesar de aprender coisas novas foi nesse módulo que algo me incomodou: algumas aulas eram muito longas.

Aulas de 1h sem parar (e não 4 aulas de 15 minutos por lição como o caso do curso técnico que eu faço) as vezes se tornam cansativas e sem um lugar claro para onde dar uma pausa. Imaginem então aulas de 2h!

No módulo 5, confesso, algumas aulas eu assisti na velocidade máxima do vídeo.

Fiz isso nos temas que eu já tinha mais conhecimento.

Ao final de todas essas aulas, entrei na reta final do curso.

Módulo 6: Cultura de Produto

Esse é o módulo que termina o curso e abre a possibilidade de fazer o teste final. É o que tem menos aulas:

  • Princípios de Bons Times de Produto (Maria Luísa Cantadori)
  • Estabelecendo uma Cultura Forte de Produto
  • Erros e Acertos mais Comuns

Nesse final o curso explora a importância da cultura de Produto e como ela vai impactar o resultado geral da empresa.

Finalizando com esse assunto eu estava pronto para fazer o teste final.

Teste Final

Como qualquer prova de conclusão as perguntas abordavam todos os temas apresentados.

Eu fiz a prova logo após ter finalizado o Módulo 6, e não tirei um tempo para estudar e fazer uma revisão geral antes.

Foi o suficiente para ser aprovado.

Fiz o curso em mais ou menos 3 meses e comprei para ter acesso por 6 meses aos conteúdos.

Minha opinião final sobre o curso

Depois de contar sobre minha percepção, aqui está meu diagnóstico final sobre a PM3:

Vale muito a pena!

Realmente o combo Curso de Product Managent mais a comunidade ao redor do curso com alunos, instrutores e sócios da PM3, é sensacional.

Com certeza me sinto mais preparado para ter uma conversa de igual para igual com pessoas que atuam como Product Managers e Product Owners, o que é fundamental porque eu lido diariamente com esses perfis no meu dia a dia pois sou Product Marketing Manager.

Também me sinto pronto para caso eu queira migrar de área e ir cada vez mais para dentro de times de Produto.

O suporte da comunidade da PM3 e a atenção dos envolvidos nas aulas também é um diferencial. A comunidade do Slack me apresentou pessoas muito legais que passei a trocar ideias e que fazem do dia a dia de conversas uma extensão dos aprendizados que temos no curso.

Então, se você quer aprender mais sobre Gestão de Produtos, sendo ou não alguém que já trabalha na área, vale muito a pena comprar o curso da PM3.

Agora eles estão também com um curso de Product Discovery que tem tudo para ser muito bom da mesma forma que o de Product Management é.

Espero que esse meu texto tenha ajudado você a tomar sua decisão em comprar ou não o curso.




Bom, o texto chegou ao fim mas caso você tenha chegado até aqui com vontade de comprar esse curso ou o de Product Discovery recomendo que você visite a página aqui do meu blog com cupons de 10% de desconto para os Cursos da PM3.

É um link de afiliado de um programa de member-get-member.